Páginas

segunda-feira, 31 de maio de 2010

31 de maio: data especial para Igreja Católica do Brasil



Foi no dia 31 de maio de 1931 que Nossa Senhora foi proclamada Rainha e Padroeira do Brasil, em cerimônia solene com a presença do presidente da República, Getúlio Vargas.
Milhares de pessoas assistiram a proclamação de Nossa Senhora Aparecida como Padroeira do Brasil.
“Hoje somos com certeza muitos milhões que reconhecem Nossa Senhora como Rainha e Padroeira do Brasil”, disse Padre Ferdinando Mancílio.
A devoção do povo brasileiro a Nossa Senhora é grande e se espelha por todo Brasil.
O Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida acolhe todos os dias peregrinos que vêm de muito longe para ficar alguns segundos ao lado da Imagem da Mãe Aparecida.
Saudemos Nossa Senhora Aparecida, que há 79 anos foi proclamada “Rainha e Padroeira do Brasil”: Viva Nossa Senhora Aparecida!!

Fonte: Santuário Nacional

COMAS promove concurso da Rainha Festa Junina 2010

Bruna da Escola Senador José Ermirio de Moraes, a representante da Creche São Vicente de Paulo de Votorantim


Na próxima quarta-feira (02), acontece o concurso Rainha da Festa Junina, onde haverá a escolha da Rainha da 95ª Festa Junina Beneficente de Votorantim, suas duas princesas e a miss simpatia, que acompanharão o prefeito Carlos Pivetta e a primeira-dama do município e presidente da Comas (Comissão Municipal de Assistência Social), Suzana Pivetta, na abertura oficial da Festa Junina e em outras atividades programadas durante os 16 dias de festa.

O Concurso promovido pela Comas, com o apoio da Prefeitura, será realizado a partir das 19h30, no Estádio Municipal Domenico Paolo Metidieri, ao lado do Auditório Municipal. O evento é aberto ao público e para participar pode-se como entrada ao recinto a doação de uma caixinha de leite.

Prefeitura de Votorantim - Secretaria de Comunicação (SECOM)

28/05/10 - Fone: (015) 3353-8572

Torremocha recebe ‘Condecoração São Gregório Máximo’

O atual presidente do Conselho Geral Internacional (CGI), José Ramon Diaz-Torremocha, recebeu ontem (30) a ‘Condecoração São Gregório Máximo’. Ela foi concedida pelo cardeal Paul J. Cordes, presidente do Pontifício Conselho ‘Cor Unum’.
A condecoração é um prêmio dado a pessoas que praticam boas ações.


Entregue primeira Carta de Agregação a Conferência boliviana

Hoje (31), Osvaldo – presidente da Bolívia – recebeu a primeira Carta de Agregação de uma Conferência do país. O documento foi entregue pelo cardeal Cordes.

Fonte: da redação do SSVPBRASIL


Leia convite do padre Robert Maloney à caridade

Ainda na Conferência que acontece em Salamanca (Espanha), hoje (31), foi a vez do padre Robert Maloney (Congregação da Missão) falar aos participantes. Ele fez um convite à caridade. LEIA-O!

“Espero que vocês, ao mirarem o futuro, estejam ardentes para ajudar aos Pobres, tanto em suas necessidades imediatas, como na promoção da justiça e do câmbio sistêmico. Animo-vos a ter uma CHAMA ESPIRITUAL interna. O fogo traz a luz da noche. Nos aquece. É o ponto de energia dos lugares. Prepara o sabor da comida que comemos. No mundo químico, purifica e refina os metais como o ouro. Dá forma à cerâmica, fazendo-a bonita e duradoura. O amor de Frederico Ozanam para com os Pobres era como um incêndio florestal, que se propagou rapidamente de uma àrvore a outra, de uma cidade a outra, de um país a outro. Um fogo que Ozanam comunica a cada um de vocês, dirigentes da SSVP hoje. Como dirigentes, estejam seguros que o Senhor os ama profundamente e chama-os a servir aos Pobres, e que o Senhor está compartilhando com vocês sua própria vocação e sua própria visão. Que o Espírito de Cristo, o evangelizador e Servo dos Pobres, habite em vossos corações, como habitou no coração de Frederico Ozanam e seus companheiros. Deixem que o fogo esteja em vocês. Eu os animo a estarem hoje agradecidos e alegres porque Cristo chamou-os para este maravilhoso caminho de servir ao próximo e eu insisto que vocês comuniquem a presença do Senhor, sua alegria e seu fogo aos vossos companheiros e aos Pobres de vossos países, de forma que eles também possam transmiti-los a outras pessoas".

Fonte: da redação do SSVPBRASIL

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Novo presidente faz discurso de agradecimento


Assim que o resultado da eleição para o Conselho Geral Internacional (CGI) foi divulgado, o presidente eleito, Michael Thio, pediu para agradecer a Deus pela conquista. Ele pediu orações e disse que conta com o apoio de todos. “Procurarei servir a SSVP e, principalmente, aos Pobres, com todo amor”.
Michael Thio também se comprometeu a seguir a Bíblia e a Regra.

Presente ao evento, o Superior Geral da Congregação da Missão, padre Gregory Gay, fez um pronunciamento, ressaltando as qualidades do atual presidente Torremocha. Ele também referiu-se a Michael Thio, fazendo a seguinte afirmação: "Formamos a família vicentina e, enquanto família, devemos estar a serviço espiritual e material aos Pobres".


MOMENTO HISTÓRICO

A foto acima mostra a cerimônia simbólica de transmissão de posse, que foi realizada pela primeira vez em uma assembleia geral.

POSSE

A posse do novo presidente acontece em Paris, em 27 de setembro, dia que se comemora São Vicente de Paulo e as Festas Jubilares.

Fonte: da redação do SSVPBRASIL

XV presidente do CGI é de Cingapura


64 ANOS DE IDADE, 42 DELES DEDICADOS AO VICENTINISMO. Este é o perfil do novo presidente do Conselho Geral Internacional (CGI), Michael Thio, que acaba de ser eleito em uma assembleia realizada na cidade de Salamanca (Espanha).
Ele concorreu à vaga com mais três candidatos: o israelense Karim Albert Cheikho (indicado pelo Egito); e os brasileiros Cristóvão Gomes Gonçalves (indicado pelo Conselho Nacional do Brasil) e Nélson Antônio de Souza (indicado por El Salvador e Moçambique). Na eleição, Michael Thio representava o voto de 21 países).
O presidente eleito obteve 87 votos; Karim Cheikho, 3; Cristóvão, 8; e Nelson, 1. Weceslas de Renesse (Bélgica) renunciou à candidatura e, mesmo assim, obteve um voto

HISTÓRICO

Nascido em 1945, Michael Thio entrou para a Sociedade de São Vicente de Paulo no ano de 1967. Foi secretário e, logo depois, presidente de Conferência, Conselho Particular e do Conselho Nacional de Cingapura. Entrou no Conselho Geral Internacional em 1988 na função de coordenador, depois, passou aos cargos de Vice-presidente Territorial Internacional para a Ásia e Oceania; Vice-presidente Geral Adjunto para Estrutura e Vice-presidente Geral até junho do ano passado. Também é presidente da Comissão Técnica Territorial desde 2005.


PROPOSTAS DE TRABALHO DO NOVO PRESIDENTE

- Buscar e reforçar a internacionalização da Sociedade de São Vicente de Paulo;
- Empreender uma iniciativa de marketing e comunicação para promover e dar notoriedade à SSVP, contribuindo também com o recrutamento de novos membros, em particular os jovens;
- Estender nossos serviços e apostolado pelo projeto de ‘Mudança de estruturas’;
- Estender nossa colaboração com outros membros da Família Vicentina e outras organizações missionárias e de caridade; católicas e cristãs;
- Reforçar a formação espiritual dos membros e líderes, com programas de desenvolvimento e formação, com a contribuição da Fundação Bailly e Lallier;
- Conservar uma situação financeira sólida para a continuação da ajuda global aos menos favorecidos;
- Trabalhar com o estabelecimento oficial da Sociedade na China que, devido ao elevado índice populacional, nos dá uma grande oportunidade de incluirmos nosso apostolado;
- Manter uma relação sólida com a hierarquia da Igreja, e defender os oprimidos e os Pobres, promover o respeito dos Direitos Humanos para restaurar e preservar a dignidade humana.

FOTO: A presidenta do CNB, Ada Ferreira, ao lado do novo presidente do Conselho Geral Internacional

Fonte: da redação do SSVPBRASIL

Lideranças vicentinas estão reunidas para a escolha do novo presidente do CGI


O Conselho Geral Internacional (CGI) terá novo presidente dentro de poucas horas. Líderes vicentinos de todo o mundo estão reunidos em Salamanca, na Espanha.

De acordo com a presidenta do Conselho Nacional do Brasil da Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP), Ada Ferreira, que representa o país, o clima é de muita fraternidade entre os participantes que votam na eleição.

Na foto ao lado, Ada Ferreira ao lado do atual presidente do CGI, José Ramom Diaz-Torremocha.

Fonte: da redação do SSVPBRASIL

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Lei determina criação de bibliotecas em todas as escolas do país

Alunos da rede pública e particular do Brasil terão agora uma abertura a mais para a leitura. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta segunda-feira(24) uma lei que determina as instituições de ensino a instalação de bibliotecas.

O texto da nova lei foi publicado no "Diário Oficial" da União desta terça-feira (25), e obriga cada biblioteca a ter, no mínimo, um título para cada aluno matriculado. Cada instituição deve definir o responsável pela manutenção e o funcionamento dos novos espaços.

Além da coleção de livros, as bibliotecas escolares devem contar com "coleção de livros, materiais videográficos e documentos ao alcance de qualquer estudante. O prazo máximo para a instalação das bibliotecas é de dez anos.

Foto: Alunos de todo Brasil terão bibliotecas a disposição.
Fonte: Santuário Nacional

Vicentinos já contribuíram com alimentos, cobertores, materiais de limpeza e colchonetes às vítimas das chuvas no RJ




A solidariedade dos vicentinos brasileiros é responsável por diminuir um pouco o sofrimento daqueles que perderam tudo com a intensa chuva, que transformou o Rio de Janeiro em um caos. A Sociedade de São Vicente de Paulo lançou uma campanha, em que arrecadou R$10 mil. Este dinheiro foi investido em 500 cobertores de casal, auxílio para a construção de um muro em uma localidade de área atingida, 300 colchonetes de casal, materiais de limpeza e 700 cestas básicas. De acordo com o presidente do Conselho Metropolitano do Rio, Agrício José de Albuquerque, a ajuda às vítimas vai além da material. “Tivemos também a participação de vários vicentinos atuando juntamente com a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros, realizando trabalho voluntário e a prestação de socorro às famílias atingidas pelas chuvas, especialmente nas áreas críticas dos Conselhos Centrais de Niterói (onde está localizado o Morro do Bumba), São Gonçalo e Urbano”.
PROBLEMAS CONTINUAM
Agrício Albuquerque relata que existem famílias desabrigadas, vivendo em alojamentos e abrigos públicos.Os voluntários ainda podem contribuir com as vítimas. No momento, faltam: materiais de limpeza e higiene, alimentos não perecíveis, agasalhos, roupas, sapatos, móveis e eletrodomésticos.Quem mora em outros Estados deve fazer doações em dinheiro. Para informações, ligue nos seguintes telefones: (21) 3888-6273 e 2562-0860.
AGRADECIMENTO
O presidente do Conselho Metropolitano do Rio de Janeiro agradece a todos que estão envolvidos, direta ou indiretamente, neste processo de auxílio às vítimas. “Quero agradecer, em nome do Conselho Metropolitano do Rio de Janeiro da Sociedade de São Vicente de Paulo, o gesto sublime de solidariedade de todos os vicentinos das diversas partes do Brasil, que tiveram compaixão com a população do Rio de Janeiro em um momento de caos; por recebermos diversas mensagens de apoio e, principalmente, não podemos esquecer de agradecer a todos os cariocas que mesmo em sofrimento fizeram várias demonstrações de cidadania, de amor à cidade e, consequentemente, ao próximo”. Ele pede que os vicentinos não deixem de ajudar. “Por sermos considerados evangelizadores, devemos levar a essas famílias desabrigadas, além do alimento, a palavra de Deus e orientá-las na busca das reconstruções de vida. São nestes momentos que devemos cumprir com a nossa missão vicentina: A Caridade aos nossos irmãos necessitados”, encerra.
Fonte: da redação do SSVPBRASIL

terça-feira, 25 de maio de 2010

Creche São Vicente de Paulo recebe Bandeira do Divino


A Creche São Vicente de Paulo de Votorantim recebeu na Sexta-Feira (21/05) a visita da Bandeira do Divino. Oriunda da Paróquia São José a Bandeira percorreu as dependências da Instituição através de uma funcionária abençoando as crianças, funcionários e diretoria.
Fonte: Noticias Vicentinas

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Torremocha visita o Haiti


Dirigentes do Conselho Geral Internacional (CGI) da SSVP estiveram visitando o Haiti nos dias 26 e 27 de abril passado, com o objetivo de verificar os danos causados pelo terremoto de janeiro que deixou milhares de mortos. Foram àquele país: José Ramón Díaz-Torremocha (Presidente geral), Michael Thio (Presidente da Comissão Técnica Territorial), Eduardo Marques (Vice-presidente Territorial Internacional para a América Norte Equatorial), Maria Célia Balladares (Coordenadora da Comissão de Catástrofes Naturais para Américas) e Nancy Panther (representante da Comissão de Catástrofes de da SSVP dos Estados Unidos). A Delegação do CGI esteve em Port-au-Prince onde visitou as ruínas da sede das Filhas da Caridade e encontrar formas de ajuda imediata em favor das pessoas necessitadas. O Haiti é o país mais pobre do Ocidente e mais de 85% das pessoas são pobres. Relato completo da visita encontra-se em www.ssvpglobal.org Fonte: CGI/SSVP.

domingo, 23 de maio de 2010

Coordenador da Ecafo apresenta plano de trabalho até 2013


José dos Santos, coordenador da Ecafo, apresenta o plano de trabalho até 2013 para os participantes do encontro. Conheça você também as propostas:
- Releitura dos Módulos (uma revisão, com enriquecimento de conteúdos);- Intensificar a aplicação dos Módulos I e VIII (Espiritualidade Vicentina e Formação Básica);- Prover materiais de formação que, por ventura, não estiverem no plano de trabalho;- Assiduidade dos Dirigentes (torna-se fundamental este trabalho junto às Conferências, aos Conselhos Particulares e às Obras Unidas);- É preciso que cada vicentino novato seja acompanhado pela Ecafo;- Aos Conselhos Particulares cabe a missão de manterem os tão necessários coordenadores de Ecafo. Eles são os responsáveis diretamente por essa assiduidade junto às Conferências; - Assistidos internos: o trabalho que caberá junto às Obras Unidas pode ser dividido em duas etapas a saber: os cuidados na visita e assistência aos abrigados; e a formação de vicentinos que, posteriormente, serão os diretores para as nossas Obras;- Um Módulo de Capacitação dos Administradores, destinado aos presidentes de unidades vicentinas;- Um Módulo de Capacitação dos Diretores Vicentinos, destinado às diretorias de unidades vicentinas, como preparação para posse;- Um Módulo de Capacitação de Funcionários das unidades vicentinas;- Um Módulo de Formação Bíblica, destinado a orientar as Conferências para estudo de temas que atentem em direção ao carisma vicentino;- Os encontros nacionais serão anuais e, com isso, dispensaremos os encontros regionais, especificamente de Ecafo;- O compromisso, a responsabilidade e a confiança dos confrades e consocias deverão estar fundamentados na Vocação Vicentina, no carisma de São Vicente de Paulo, e não em um frio voluntariado. É preciso que reflitamos sobre esta proposta ao longo deste tempo;- O fundamental em nossos eventos é a divulgação do carisma e a espiritualidade vicentinos.

Fonte: da redação da SSVPBRASIL

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Brasileiro trabalha até dia 28 apenas para pagar tributos



Os brasileiros terão de trabalhar até a sexta-feira da próxima semana, dia 28 deste mês, apenas para cumprir suas obrigações tributárias com os fiscos federal, estaduais e municipais. Serão 148 dias de trabalho no ano, um dia a mais do que os trabalhados em 2009 e o mesmo número de 2008.

O cálculo faz parte do estudo sobre os dias trabalhados para pagar tributos, divulgado ontem pelo IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário). Segundo o estudo, hoje os brasileiros trabalham quase o dobro do que trabalhavam na década de 1970 (76 dias) apenas para os fiscos.

Consumidores pagam 45% de impostos em nova TV para a Copa
Arrecadação fecha em R$ 70,9 bi em abril, recorde para o mês
Carga tributária caiu para 33,8% em 2009, a menor dos últimos anos, diz Mantega

Os brasileiros estão entre os que mais pagam tributos no mundo, perdendo apenas para os suecos (185 dias) e os franceses (149 dias). Os espanhóis (137), os norte-americanos (102), os argentinos (97), os chilenos (92) e os mexicanos (91) trabalham menos do que os brasileiros.

Com base no estudo, o IBPT diz que 40,54% da renda bruta dos contribuintes estará comprometida neste ano com tributos.

Nesses 148 dias, os três fiscos arrecadarão quase R$ 500 bilhões --ontem, o Impostômetro (painel na capital paulista que registra, em tempo real, a carga tributária no país) já marcava mais de R$ 460 bilhões.

Os 148 dias foram calculados para o rendimento médio mensal. Para a baixa renda (até R$ 3.000), são 141 dias trabalho (de 1º de janeiro até hoje). Para a média renda (R$ 3.000 a R$ 10 mil), são 157 dias, ou seja, até 6 de junho. Para a renda alta (mais de R$ 10 mil), serão 152 dias -até 1º de junho.

O IBPT também calculou quanto os brasileiros comprometeram de sua renda bruta para pagar tributos sobre a renda, o patrimônio e o consumo. Na média, 40,54% da renda de cada cidadão estará comprometida neste ano com os três níveis de governo. Em 2009, foram 40,15%, e, em 2008, 40,51%.

Fonte: Folha Online

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Ficha limpa é aprovada pelo Senado


Os senadores acabam de aprovar, por unanimidade, o projeto de lei da Ficha Limpa no plenário, encerrando a tramitação da proposta de iniciativa popular no Congresso Nacional. O próximo passo será a sanção presidencial. O texto aprovado é o mesmo encaminhado pela Câmara dos Deputados, sem emendas."Hoje é um dia histórico. Eu me sinto emocionado por presidir esta sessão", disse o deputado goiano, Marconi Perillo, depois de uma série de discursos a favor do projeto e após anunciar o resultado da votação nominal (em que o nomes são registrados com o teor dos votos).O projeto de lei, entregue a deputado Michel Temer, em setembro do ano passado, pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), passou por duas alterações, a primeira no grupo de trabalho coordenado pelo deputado Miguel Martini, com relatoria de Índio da Costa, e a segunda com a relatoria de José Eduardo Cardozo, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados. Nos dois casos, o MCCE acredita que o projeto foi aperfeiçoado e permanece de encontro aos anseios da sociedade, expressos em 1,6 milhão de assinaturas coletadas em todo o país. Além destas, a instituição parceira da MCCE, Avaaz, coletou virtualmente mais de 2 milhões de adesões à iniciativa.De acordo com a diretora do MCCE, Jovita José Rosa, a aprovação do PLP no Senado Federal representa a vitória da sociedade e das 44 entidades que lutaram pela tramitação da lei. “No início, a Ficha Limpa parecia uma utopia, mas logo todo o Brasil se envolveu com o tema e hoje só podemos comemorar, porque é uma vitória do povo”, afirmou.Além da sanção presidencial, outro aspecto que deverá ser abordado é a validade da lei já nestas eleições. O MCCE entende que não é preciso o prazo de um ano antes do pleito, para que a legislação passe a vigorar. No entanto, outras interpretações entendem que a lei seria aplicada a partir de 2012. A decisão ficará a cargo do Tribunal Superior Eleitoral.Foto: Agência Brasil

Vítimas das chuvas no Rio recebem ajuda financeira do Conselho Geral Internacional


O mundo está comovido com o sofrimento das famílias que perderam tudo devido às chuvas que avassalaram o Rio de Janeiro, no mês passado. Em apoio às vítimas, o Conselho Geral Internacional da Sociedade de São Vicente de Paulo – órgão que coordena as atividades vicentinas no planeta – enviou um doação de 5 mil euros, o que equivale a aproximadamente 11 mil reais.
O Conselho Metropolitano do Rio está desenvolvendo um trabalho de estudo para saber como o dinheiro pode ser melhor empregado.

SALDO NEGATIVO

A chuva no Rio de janeiro fez mais de 250 vítimas fatais, incluindo as pessoas que morreram soterradas no Morro do Bumba, em Niterói. Estima-se que 2 mil tenham ficado desabrigadas.

VOCÊ PODE AJUDAR

Você também pode contribuir com as vítimas das chuvas no Rio de Janeiro. Para isto, faça o depósito em dinheiro no Banco do Brasil, Agência 1250-5, C/C 3180-1.
Assim que o depósito for efetuado, comunique ao Conselho Metropolitano que o dinheiro é para ser destinado às vítimas das chuvas. O comunicado pode ser via telefone (21-3888-6273) ou e-mail: contato@ssvpcmrj.org.br

Fonte: da redação do SSVPBRASIL


quarta-feira, 19 de maio de 2010

Contagem regressiva para o 5º Arraiá Solidário do Santuário de Aparecida

Lar São Vicente de Paulo de Aparecida, uma das entidades beneficiadas

Evento acontece em junho e vai beneficiar 8 entidades de Aparecida

É o 5 º ano consecutivo que o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida promove juntamente com as entidades beneficentes da cidade uma grande Festa Junina, cujo slogan é “União e Solidariedade faz a festa acontecer.
A festa, que tem como objetivo arrecadar fundos para entidades assistenciais de Aparecida: Apae, Santa Casa de Aparecida, Casa da Infância e Juventude, Casa do Pequeno, Lar Nossa Senhora Aparecida, Lar São Vicente de Paulo, Fundo Social de Solidariedade e Arquidiocese de Aparecida.
Os preparativos do Arraiá Solidário têm inicio com o balanço de finalização da festa do ano anterior.
Empresas parceiras do Santuário, além de artistas, acreditam na iniciativa do evento e, todos os anos, juntam forças para a realização da festa.
Ao longo dos anos o Arraiá Solidário vem ganhando força, e hoje é uma das maiores festas beneficentes do Vale do Paraíba.
Barracas de comes e bebes, parque de diversões, atrações musicais, decoração típica e a garantia de aproveitar a festa em ambiente familiar e seguro, fazem com que, todo ano, cerca de 20 mil pessoas compareçam ao Pátio das Palmeiras, no Santuário, para se divertirem e colaborar com as entidades.
Venha participar do dia 10 a 13 de Maio, no Pátio das Palmeiras.
Segue a programação:
Dia 10/06 - Zé Henrique e Gabriel
Dia 11/06 – Marcos e Belutti
Dia 12/06 – Especial Dias dos Namorados :
Cléber Oliveira e Banda
Guto e Nando
Tony Francis
Dia 13/06: Mateus e Cristiano
Ingressos antecipados preços promocionais com as entidades. Informações: (12) 3104 1042


Fonte: Santuário Nacional

CPF pela Internet sai até junho



Até 30 de junho deverá entrar em operação o CPF Web, sistema que permitirá a emissão do Cadastro de Pessoa Física (CPF) pela internet. A informação é do secretário da Receita Federal, Otacílio Cartaxo. O secretário disse que, com o novo sistema, o contribuinte poderá receber o documento no momento da solicitação. O pedido poderá ser feito no site www.receita.fazenda.gov.br.
Segundo Cartaxo, o CPF online é a última fase de reestruturação na parte de atendimento da Receita. Ele disse que a Receita já concluiu a parte operacional, mas está esperando que a Caixa Econômica Federal e os Correios, que serão parceiros, façam a adequação dos seus sistemas. O Banco do Brasil também participará, mas assim como a Receita, já concluiu a sua parte.
Cartaxo explicou que, no momento da solicitação no posto da Receita ou dos parceiros, o sistema gera o número do CPF, que é entregue na hora ao contribuinte. Ele disse que pelo CPF Web será possível não só emitir um documento novo, mas também pedir alterações de nome.
Atualmente, para obter o CPF o contribuinte tem de ir às agências do Banco do Brasil, da Caixa ou dos Correios e pagar uma taxa de R$ 5,50. Não há exigência de idade mínima, mas a inscrição de menores de 16 anos deve ser feita pelos pais ou responsáveis legais. O número do CPF também pode ser anexado a outros documentos, como carteira de identidade (RG), carteira de habilitação e carteira de trabalho.
O CPF é necessário para que o contribuinte abra conta em banco, contrate empréstimos e faça crediário. Também é obrigatório na renovação de passaportes, na participação em concursos públicos e até para poder receber prêmios de loterias.

Fonte: Jornal da Tarde

Igreja católica no Brasil celebra a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos

A semana, que teve início no dia 16 e se estende até domingo (23), tem o patrocínio do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC).

Para o Arcebispo de Belo Horizonte (MG), Dom Walmor Oliveira Azevedo, a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos é o momento quando os fieis são chamados à reflexão, enquanto se preparam para a festa de Pentecostes. “A Semana de Unidade quer estabelecer uma abertura no coração de todos os cristãos. Só o espírito nos abre de verdade o coração. Que a semana da Unidade seja essa experiência para todos nós, pois a fé em Cristo é, de fato, a grande diferença para o nosso mundo”, concluiu Dom Walmor.
Fonte: A12

Junho, mês do Recrutamento Vicentino


Reproduzimos abaixo a carta da Coordenadora Nacional da Comissão de Jovens referente ao mês do Recrutamento Vicentino.


Carta nº 06.10

Cabo Frio/RJ, 18 de maio de 2010.

Aos Coordenadores de Comissões de Jovens de Conselhos Metropolitanos
CC: Presidentes de Conselhos Metropolitanos
Diretoria do Conselho Nacional do Brasil


“Não tenha medo de novos princípios. Seja criativo. Seja inventivo. Organize novas obras de Caridade ao serviço ao pobre. Você que tem energia, que tem entusiasmo, que quer fazer algo valioso para o futuro, seja inventivo, atire-se, não espere.” Frederico Ozanam
É tempo de renovar as esperanças!!!
Queridos amigos, é chegado mais um Mês Nacional do Recrutamento, onde gostaríamos de convidar a todos para que sejam Protagonistas de uma Nova Juventude especialmente neste Mês de Junho. Como bem sabemos não há data ou mês para que sejamos missionários anunciando um Deus de Amor e de Misericórdia a todos quanto pudermos, pois bem, mas no mês de Junho de todos os anos é que fazemos com que nossos sonhos sejam verdadeiros clamores em uníssono.
Passemos aos atos meus amigos, façamos a diferença hoje, a cada dia, a cada passo que dermos. Não podemos ser indiferentes ao que vemos acontecer com tantos jovens nos dias de hoje, é preciso ter ousadia, é preciso transformar através do amor, é preciso RECRUTAR!
Que todos nós sejamos iluminados pelo Espírito Santo em nossa caminhada para que assim possamos juntos mudar toda uma realidade, saíamos de nosso conforto e superemos todo e qualquer tipo de desafios para que possamos ser “... sinais de esperança para muitos, como o foram São Vicente e Santa Luísa, simples companheiros de viagem pelo mar da vida”.
Sejamos jovens protagonistas de uma sociedade cristã, que cresce em fé, amizade e caridade.
A maioria de adolescentes e jovens tem muitas questões, desejos, sonhos... e buscam respostas. Algumas questões vêm da própria fase que estão vivendo, mudanças de todos os tipos, descobertas, enfim... É preciso que estejamos ao seu lado, para que sejamos exemplo de uma juventude feliz em Cristo, e que em obras demonstra a vitalidade de vossa fé.
Saíamos à missão em nossas comunidades, escolas e faculdades, falemos com nossos amigos, enfim busquemos os jovens, para que através de nossos olhos, bocas e ouvidos lhes emanemos nossos sonhos, fé e amor, assim arrebatando corações para nosso meio.
Estarão sendo disponibilizados no site da SSVP Brasil (Canal da Comissão de Jovens) materiais que poderão ser utilizados não só durante o Mês Nacional do Recrutamento como em todos os momentos que julgarem necessário, estes materiais foram confeccionados por Comissões de Jovens e vicentinos de várias regiões e, desta forma, pretendemos criar um canal de partilha entre a juventude atuante na SSVP, portanto caso tenha algum material que possa ser publicado poderá nos enviar para o e-mail: cnj@ssvpbrasil.org.br.
E, sobretudo não nos esqueçamos jamais que “a caridade é cimento que liga as pessoas a Deus e entre si. É fermento na massa da vida, é vida nova, é povo a sorrir”.
Vamos aos Jovens!!!

Csc. Talita da Cunha Yamada
Pela Comissão Nacional de Jovens

Roma: Encontro reúne 800 superioras gerais de todo o mundo



Aconteceu em Roma, no Hotel Ergife, próximo ao Colégio Pio Brasileiro, entre os dias 7 e 11, a Assembleia Plenária Trienal da União Internacional das Superioras Gerais (UISG). A entidade foi fundada em 1965 com o objetivo de representar as 1900 congregações de direito diocesano e pontifício, com um número total de 750 mil religiosas. O evento reuniu 800 superioras gerais representando 600 mil religiosas ao redor do mundo. A diversidade de línguas, hábitos, uniformes ou estilo de trajes testemunhava a beleza da universalidade da Igreja.

O encontro e as celebrações aconteceram no grande auditório do hotel, onde as irmãs foram distribuídas em número de 10, nas mesas redondas segundo o idioma de origem. A assembleia foi dividida em conferências, reflexões em plenário e momentos de partilha nos pequenos grupos. No momento da abertura a presidente da UISG, Maureen Cusick, NDS, acolheu a todos e apresentou o tema da assembleia, que foi tirado de um pensamento de São João de Deus: “Conheço bem a fonte que jorra e corre, ainda que seja noite”.

A primeira conferência teve por tema “Mística e profecia: um estilo de vida e novos areópagos” e foi apresentada pelo carmelita espanhol P. Ciro Gracia, inspirado na experiência mística de São João da Cruz. No momento de partilha as religiosas descreveram como noite a presente situação do mundo, os desastres naturais, as situações de violência e pobreza e o momento difícil por que passa a Igreja. Algumas irmãs não deixaram de expressar que o processo de conversão e diálogo faz-se necessário também ao interior da própria Igreja. A brasileira, Irmã Terezinha Rasera, Geral das Salvatorianas, que participou da Comissão Diretiva, nos últimos três anos definiu a experiência como um “lugar de aprendizado” onde se “vivem múltiplas diferenças”. Ela apontou como parte importante no processo dos últimos anos a busca por “manter o diálogo aberto com a Congregação para a Vida Religiosa”. “Conseguimos quebrar barreiras e estabelecer diálogo”, disse ela.

Durante uma das plenárias, a Irmã Liliane Sweko mencionou a situação dramática dos assassinatos e violência praticados contra mulheres na África. E precisou o número de irmãs mortas: “Somente no ano de 2003 foram registrados 235 assassinatos de irmãs”. "Mesmo que o mundo esteja sendo desfigurado pela violência, todos os tipos de terrorismo, guerras e conflitos, muitas vezes inflamados pelo poder e pelas multinacionais que buscam lucrar com estas situações, a fim de explorar as riquezas dos países pobres e manter as pessoas dominadas e oprimidas, nossa fé cristã nos assegura que Deus está sempre presente neste mundo”, reiterou a irmã.

A assembleia terminou com a Eucaristia de ação de graças animada por um coral de irmãs do Congo. O presidente da celebração, o Filipino padre Antonio Pernia, Superior Geral dos Verbitas ressaltou que vivemos um tempo de transição e que “é justamente neste tempo que nos vem o Espírito Santo.

A irmã Maria Inês Vieira Ribeiro, Superiora Geral das Mensageiras do Amor Divino, que tem sua sede geral em Aparecida (SP), sentiu-se tocada pela “riqueza dos continentes e a realidade das culturas presentes”. Perguntada sobre as noites que desafiam a vida religiosa no Brasil ela apontou “a chaga da corrupção que reina no meio político” e as situações de violência no meio urbano, que invadem também os meios rurais. “É triste constatar que a expansão da droga faz com que o Brasil, um país jovem perca tantos jovens”, afirmou ela.

A irmã Tereza Valler, Geral das Catequistas Franciscanas, comenta que desta vez “a assembleia teve uma dinâmica diferenciada, com menos símbolos e menos movimentos, mas tivemos mais partilha, mais silêncio e mais momentos de escuta, no sentido de captar aquilo que a Divina Sabedoria está nos indicando nestes tempos de noite escura”.

Para a paraense, irmã Jaci Dutra Pessoa, que no ano passado foi reeleita para um segundo sexênio como superiora geral das Irmãs de Santa Dorotéia Frassinete, a assembleia “reanimou a esperança nos corações”. “É uma experiência forte de universalidade, de sentir a força da vida religiosa no mundo. Dilata muito os nossos horizontes”, conclui a irmã.

Nova Comissão Diretiva

DSC06153LoiriLazzarotoA Assembleia se concluiu com o trabalho dos dias 13 e 14, onde, entre outras atividades, o Conselho das Delegadas escolheu a nova Comissão Diretiva da UISG que ficou constituída das seguintes irmãs: Mary Lou Wirtz (EUA – Presidente), Irmãs Franciscanas Filhas do Sagrado Coração de Jesus e Maria; irmã Soledad Galerón (Espanha - Vice-Presidente), das Missionárias Claretianas; irmã Maria Theresia Hörnemann (Alemã), Missionárias Servas do Espírito Santo; irmã Felícia Harry (Gana), Irmãs de Nossa Senhora dos Apóstolos; irmã Amélia Kawaji (Japão), Irmãs Mercedárias Missionárias de Berriz; irmã Loiri Lazzarotto (Brasil), Irmãs da Imaculada Conceição de Nossa Senhora de Lourdes; irmã Louise Madore (Canadá), Irmãs Filhas da Sabedoria, irmã Marian Moriarty (Irlanda), do Instituto da Beata Virgem Maria. Como substitutas ficaram as irmãs Beatriz Acosta (Colômbia), da Ordem da Companhia de Maria e a irmã Nuria Bayó (Espanha), das Irmãs de Nossa Senhora da Imaculada Conceição de Castre. A irmã Loiri Lazzaroto dará continuidade à presença do Brasil com a saída da irmã Terezinha Rasera. A irmã Loiri definiu a escolha como “um grande desafio” e promete realizá-lo com “garra e alegria”. “Estou certa que será uma grande escola e que aprenderei muito com o grupo”, concluiu ela.

Presença Brasileira

A presença das Superioras Gerais no cenário eclesial tem se tornado sempre mais significativa. Além disso, elas têm contribuído para o aprofundamento e reflexão do lugar da vida religiosa na igreja e no mundo. O Brasil contou com 71 Superioras presentes, das quais 40 residem em Roma. Cerca de 35 Gerais estiveram presentes na Assembleia.

Fonte: CNBB

terça-feira, 18 de maio de 2010

Praça de Eventos já recebe estruturas para a Festa Junina



A Prefeitura de Votorantim deu início a instalação das estruturas necessárias, na praça de eventos "Lecy de Campos", para a realização da 95ª Festa Junina, que acontece de 12 a 27 de junho. Na primeira semana do próximo mês, está previsto o início da montagem do parque de diversões.
Nesta edição da mais tradicional festa junina do Estado de São Paulo, a prefeitura está promovendo algumas alterações com o objetivo de oferecer maior conforto e qualidade aos visitantes. Uma delas será um novo espaço para shows, onde será montado uma estrutura específica para receber toda a programação musical.
O prefeito Carlos Pivetta explica que neste ano o recinto festivo será dividido em três espaços: alimentação, parque de diversões e shows. "Com isso a festa ganha em espaço físico, além de oferecer comodidade aos visitantes", destaca.
Portanto as pessoas que comparecerem a tradicional festa junina e não estiverem dispostas em assistir aos shows, terão a opção de percorrer apenas os espaços da alimentação onde estarão instaladas as barracas das entidades assistenciais do município e os brinquedos do parque de diversões.
As pessoas que passarem pela praça de eventos já poderão notar a presença das barracas, bem como a movimentação das equipes do setor de elétrica da prefeitura. A festa tem ainda o apoio da Comissão Municipal de Assistência Social (Comas).
Prefeitura de Votorantim – Secretaria de Comunicação (SECOM)

Farmácia Paroquial pede ajuda para manter estoque

Matheus Casagrande
Folha de Votorantim

Qualquer pessoa pode ajudar com doações de remédios
Perto de completar 15 anos de sua fundação, a Farmácia Paroquial Nossa Senhora das Dores é um trabalho consolidado na cidade. Mas isso não significa que seus sete voluntários não enfrentem dificuldades para manter o projeto vivo.
A farmácia funciona em sala anexa ao estacionamento da Igreja São João Batista e Imaculada Conceição, no centro. Atende nas terças e quintas-feiras, das 15 horas às 16h30 – este é o horário que dispõem os dois atendentes, Daniel Moreira e Souza e a farmacêutica Jussara de Arruda Andrade, em meio ao expediente em suas respectivas ocupações.
A média de atendimento a cada dia de abertura é de 40 a 45 pessoas. A entrega de medicamentos é realizada apenas sob prescrição médica. Atualmente, a farmácia atende a apenas uma receita por pessoa. “Já chegamos a atender 60 pessoas em um dia. Atendemos gente de todas as partes da cidade e até de Sorocaba”, comenta Ana Kriguer, coordenadora do programa há quatro anos.
O estoque é mantido principalmente com doações, além dos bazares da pechincha, realizados em média uma vez por mês (o último aconteceu na quinta-feira). Para cada pessoa atendida, os voluntários pedem a contribuição simbólica de R$ 2. “De vez em quando recebemos doações anônimas, que nos dão fôlego a manter o projeto”, acrescenta Dona Ana.
Há ainda doações da Comas (Comissão Municipal de Assistência Social) e também de medicamentos de pessoas da comunidade. Ela aproveita para pedir às pessoas que “não deixem perder remédio em casa”. “Muitas vezes, a pessoa compra uma cartela de antibióticos, por exemplo, e não usa tudo. Ela pode, antes de perder o prazo de validade, doar para a gente”, sugere Ana Kriguer.
Os interessados em colaborar podem ir à farmácia em seus dias de atendimento ou à secretaria da igreja, de segunda a sexta-feira, das 13 às 18 horas.
Os remédios são regularmente vistoriados. “Não entregamos em hipótese alguma remédio com a validade vencida”, garante a voluntária. Os medicamentos irregulares são entregues à prefeitura, que faz o devido descarte. Conforme observa Jussara, os medicamentos mais procurados são os de uso contínuo. Mas também por muitas vezes o remédio procurado não está disponível no estoque.
“Enfatizamos que nosso atendimento é voltado a crianças carentes”, diz a coordenadora, que não deixa de admitir que por vezes sente que tem pessoas abastadas que vão à farmácia procurar remédios. “O que vamos fazer? Não podemos falar não.”
Atendidos
Marlene da Silva Parejo esteve na farmácia pela primeira vez na última quinta-feira. Ela ficou sabendo do trabalho por uma conhecida. Seu esposo realizou uma angioplastia (cirurgia no coração) no último dia 19. Desde então, ele precisa tomar várias medicações até outubro.
Dos sete remédios prescritos na receita que carregava, Marlene encontrou dois na Farmácia Paroquial. “Me ajuda bastante. Se eu tivesse que comprar todos, ia ficar muito difícil”, ela diz.
“É bom porque alivia nossos gastos. Sabe como é, eu sou aposentada. Tenho que tomar muito remédio e recebo pouco”, diz Altina Nea Paiva, moradora do Jardim Serrano 2, sobre a farmácia comunitária, para a qual ela recorre já há vários anos. Ela faz uso de vários remédios de uso contínuo.
Isabel Cristina Ferreira foi à farmácia paroquial porque seu filho, de 8 meses, estava com gripe e dor de ouvido. “Faz dois meses que venho aqui. Fiquei sabendo pela minha vizinha”, afirma a dona de casa, que tem também uma filha de 5 anos. “Quando encontro o remédio, é muito bom. Principalmente quando o medicamento é caro”, ela observa.
Histórico
A Farmácia Paroquial Nossa Senhora das Dores foi fundada em 15 de setembro de 1995. “Era uma intenção do padre João Alfredo, pároco na época, ao notar uma carência existente na comunidade. Muita gente vinha pedir remédio aqui”, se recorda Ana Kriguer.
A primeira coordenadora foi a Dona Antonia Mendes Gonçalves. Entre as voluntárias, a senhora Leonilda Poaini Primo contabiliza 14 anos. “A gente faz tudo isso por amor”, ela diz.
O projeto sempre contou com um farmacêutico responsável. A farmácia chegou a abrir as portas todos os dias, em horário comercial, mas os responsáveis resolveram abolir. “O atendente era remunerado. Preferimos abrir por menos tempo e, com aquele dinheiro, adquirir mais medicamentos”, observa a atual coordenadora.

Cresce o Catolicismo na Internet


Ainda que com certo atraso, a Igreja italiana, os grupos católicos, as paróquias e as ordens religiosas estão conquistando espaço cada vez mais vasto na galáxia telemática.
Uma pesquisa conduzida por pesquisadores do Instituto de Informática e Telemática do Conselho Nacional de Pesquisas Italiano de Pisa (II-CNR) mostrou que, com 30 mil sites, mais de meio milhão de páginas na web e quase 2 mil blogs, a religião católica conta com uma forte presença entre os sites italianos na internet.

O número de 562.574 páginas com conteúdo católico representa 1,76% do total analisado, mas este percentual se torna mais significativo quando se considera que as páginas destinadas a assuntos políticos representam cerca de 2,9% do total.

A força do catolicismo na rede e seu contínuo crescimento foram destacados por Francesco Diani, curador do site (www.siticattolici.it), o qual, trabalhando em sua tese “Pastoral e Informática”, iniciou a catalogar os diferentes sites católicos italianos, que ao final dos anos 90 eram apenas 243.

Hoje, já são quase 14 mil os sites catalogados por Diani. Destes, um quarto (3.460) está associado a paróquias, igrejas, oratórios ou grupos paroquiais. Seguem 2.545 sites de associações e movimentos eclesiais. Em terceiro lugar, estão as ordens e institutos religiosos, com 1.689 sites.

Em termos de crescimento, Diani revelou que nos últimos três anos foi verificado um crescimento constante de 24,2% ao ano – um dos maiores da web. Em termos de localização geográfica, a Lombardia está na frente com 740 sites, seguida de Triveneto (376), Sicília (334) e Lácio (314). Entre as ordens e institutos religiosos, os Franciscanos lideram, com 166 páginas.

No que diz respeito ao modo pelo qual os sacerdotes vêm fazendo uso das novas tecnologias em suas atividades pastorais, em 15 de abril passado, durante a coletiva de imprensa da convenção “Testemunhos digitais”, Lorenzo Cantoni, professor da faculdade de ciências da comunicação da Universidade da Suíça Italiana, ilustrou alguns resultados da pesquisa intitulada “Picture” – acrônimo de Priests’ Ict use in their Religious Experience.

O estudo foi conduzido com o apoio da Congregação para o Clero, e realizado pelos laboratórios NewMinE-New Media in Education Lab e pelo webatelier.net, da Universidade da Suíça Italiana, em colaboração com a Pontifícia Universidade da Santa Cruz de Roma.

Os resultados são surpreendentes: 92% dos padres entrevistados declararam acessar a internet todos os dias – um número ligeiramente superior à média mundial (90,4%).

No que se refere à utilização da rede no preparo das homilias, 49,5% dos sacerdotes na Itália buscam material na internet ao menos uma vez por semana; destes, 9,2% o fazem todos os dias. 32,5% fazem pesquisas ocasionalmente (uma vez por mês). Apenas 15,3% declaram não fazer uso da internet para esse propósito.

Para a formação, 27,7% dos sacerdotes italianos estudam on-line quase todos os dias, 59% ao menos uma vez por semana. Apenas 13,3% não o fazem nunca.

Dos sacerdotes entrevistados, 37,8% estão de acordo com a afirmação de que as tecnologias permitem melhorar a formação dos sacerdotes.

À pergunta sobre quais instrumentos eles consideram muito ou muitíssimo úteis para o aprendizado, 18,8% dos entrevistados indicaram os livros e as revistas, seguidos pelas ferramentas de busca (18,3%) e de notas de aula (16,4%).

Uma leitura combinada destes dados evidencia o grande interesse pelas tecnologias digitais, combinadas, porém, com as demais estratégias de aprendizagem.

Entre os sacerdotes italianos, 39,9% não fazem uso da internet para pregar, mas outros 19,1% fazem uso diário da internet para este fim (especialmente para recitar a liturgia das horas).

Apenas 14,2% dos sacerdotes na Itália consideram a internet muito útil para pregar (9,9% no mundo), enquanto que 40,1% não a consideram útil para este propósito (32,3% no mundo).

No entanto, mais de 51% dos sacerdotes consideram “muito positivo” o uso da internet para a difusão da fé, e mais de 63% estão “de acordo” ou “muito de acordo” ao considerar as novas tecnologias como meios de inculturação da fé.

Em particular, 61,1% estão “de acordo” ou “muito de acordo” com a afirmação de que as novas tecnologias permitem evangelizar melhor os jovens.

No que se refere à comunicação, 68,3% dos sacerdotes consideram a internet útil para se comunicar com outras pessoas. 30,6% acessam redes sociais na internet todos os dias, 17,1% semanalmente e 7,0% mensalmente, enquanto 36,4% declaram não fazer uso de tais redes.

À pergunta sobre o quanto as novas tecnologias melhoraram o modo pelo qual exercem sua missão sacerdotal, 33,4% consideram tal uso muito positivo (valores 4 e 5), 50,6% as consideram de alguma importância (valores 2 e 3), enquanto 15,9% consideram sua importância muito limitada ou nula (valores 0 e 1).

Quanto aos perigos associados a tais tecnologias, 35,7% afirmam que as oportunidades sejam superiores aos riscos, enquanto 18,1% acreditam que os perigos sejam maiores que as oportunidades oferecidas.

Os sites indicados como de maior utilidade na experiência sacerdotal são: vatican.va, qumran.net, chiesacattolica.it e avvenire.it, maranatha.it, lachiesa.it, zenit.org.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

CNBB abre concurso para o cartaz da Campanha da Fraternidade 2011 .


Estão abertas as inscrições para o concurso do cartaz da Campanha da Fraternidade 2011, cujo tema é “Fraternidade e a Vida no Planeta” e lema “A criação geme em dores de parto (Rm 8, 22)”. A Comissão Episcopal para a Cultura, Educação e Comunicação Social da CNBB está responsável pelo concurso e receberá o material até o dia 31 de maio de 2010.De acordo com a Comissão, deve conter no cartaz, além das figuras ilustrativas, os seguintes textos: “Campanha da Fraternidade 2011”, “Fraternidade e a vida no planeta” e “A criação geme em dores de parto” (Rm 8, 22). Um júri irá escolher o melhor cartaz que será distribuído para todo o país.Os interessados podem enviar material impresso para o seguinte endereço: Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, Setor de Comunicação Social; SE/Sul – Quadra 801 – Conjunto B – Brasília-DF; CEP 70200-014.

SÃO VICENTE E SANTA LUÍSA PROFETAS DA CARIDADE



As celebrações são uma recordação coletiva de acontecimentos significativos para grupos e comunidades. Unem num determinado momento o passado, o presente e o futuro. Evocam gratidão pelo passado, fortificam-nos no compromisso com o presente e criam esperanças para o futuro.Quando celebramos os 350 anos da morte de São Vicente e Santa Luísa, não é tanto a morte deles que desejamos recordar, mas a morte deles enquanto culminância de vidas que deixaram marcas na História, pelo que significaram durante sua existência. Foram ícones da caridade. Foram dois grandes profetas da Caridade.Reavivar o fogoNa história de suas vidas, em suas cartas e conferências, São Vicente e Santa Luísa aparecem como pessoas normais com suas fragilidades e seus dons pessoais, mas capazes de conseguir grandes alturas de santidade. Mostram de modo extraordinário como o poder da graça pode transformar vasos frágeis de barro em instrumentos eficazes do projeto divino.Vicente foi um moço aventureiro de origem rural que buscava constantemente horizontes mais amplos. Alimentou desde cedo a ambição da promoção social por meio do ministério sacerdotal para ajudar sua família que tanto amava. Era dotado de uma espantosa capacidade de estabelecer relações com uma grande diversidade de pessoas – pobres e ricos, eclesiásticos e políticos, nobres e plebeus, homens e mulheres, religiosos e leigos. Mais tarde, aplicaria esse dom a uma causa boa, para realizar seu sonho de servir os Pobres. Homens de nosso tempo, que buscam constantemente “mais” na vida, podem haurir coragem da vida de São Vicente.
Embora Luísa tenha nascido e se criado com o sofrimento como sua constante companhia, não permitiu que isso a impedisse de perseguir os objetivos de sua vida. Foi esposa amorosa e mãe de grande capacidade de entrega, preocupada continuamente por seu filho único. Quando ficou viúva, continuou ajudando os outros, especialmente os Pobres. Tendo descoberto a vocação de sua vida, com a ajuda de São Vicente, foi a ser sua amiga fiel e sua colaboradora. Juntos, fundaram as Filhas da Caridade, uma forma radicalmente nova de viver a vida consagrada feminina em seu tempo. Muitas mulheres hoje em dia – religiosas e leigas, solteiras, viúvas e casadas – encontrarão em Luísa um modelo inspirador, alguém que finalmente “se realizou”, não obstante as limitações impostas pelo nascimento, pela natureza e pelas circunstâncias.Depois de 350 anos, São Vicente e Santa Luísa continuam impactando e inspirando gerações e gerações. O fogo de sua caridade ainda arde e incendeia muitos outros. A celebração do aniversário de suas mortes reaviva este fogo em nós. Muda o passado num presente vivo que transforma.Citações alternativas de Santa Luísa de Marillac:“… não basta estar a serviço dos Pobres, (…), embora isto já seja para vós um bem que nunca poderão estimar suficientemente. É preciso ter verdadeiras e sólidas virtudes que sabeis dever possuir para levar a cabo essa obra na qual tendes a felicidade de estar. Sem isso, minhas irmãs, vosso trabalho vos será quase inútil” (Escritos, p. 151).“… servir os pobres doentes, em espírito de mansidão e grande compaixão, à imitação de Nosso Senhor que assim tratava os mais desagradáveis” (Escritos, p. 495).Citação alternativa de São Vicente de Paulo:“Deus ama os Pobres e, por conseguinte, ama os que amam os Pobres, porque, quando amamos alguém, temos afeição por seus amigos e servidores. (…) Vamos, pois, meus irmãos, e dediquemo-nos com um amor novo a servir os Pobres, e mesmo busquemos os mais pobres e os mais abandonados” (SV, XI, 392-393).

Encerramento do 16º Congresso Eucarístico Nacional atrai 92 mil pessoas


Sob um sol forte e uma temperatura que beirava os 32º, o povo brasiliense e demais caravanas vindas de todas as regiões do Brasil, munidos de fé e guarda-sol, compareceram à missa de encerramento do 16º Congresso Eucarístico Nacional (CEN), que aconteceu na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, e foi presidida pelo prefeito da Congregação para o Clero, cardeal dom Cláudio Hummes, e concelebrada por centenas de bispos e padres de todo o Brasil. O Congresso teve início na quinta-feira, 13.
Durante sua homilia, o cardeal dom Cláudio Hummes, afirmou que o “16º Congresso Eucarístico Nacional manifestou que a eucaristia é o centro da Igreja e da vida dos cristãos”. Ele também apontou Jesus Eucarístico como “força do discípulo e missionário”. Lembrando palavras do papa Bento XVI sobre a eucaristia, o cardeal destacou que “a eucaristia tem tudo a ver com o domingo” e que os fiéis não podem deixar de participar da eucaristia no dia do Senhor. “Domingo sem missa não é um domingo completo”, frisou.
Dom Cláudio também lembrou a figura dos mártires brasileiros, os quais ele disse ser “uma das maiores glórias da Igreja no Brasil” – e convidou os brasileiros a seguirem o mesmo exemplo de “testemunho privilegiado do Evangelho”. Sobre o lema do 16º CEN, “Fica Conosco, Senhor”, o cardeal afirmou que são “palavras de súplica ouvidas por Deus hoje e até o fim dos tempos”.
O enviado do papa Bento XVI ao 16º CEN concluiu a homilia ressaltando que o encerramento da missa não é o fim do Congresso Eucarístico, mas um novo começo para a Igreja. “O encerramento dessa missa representa um novo impulso para anunciarmos o Cristo para todas as criaturas”.

Fonte: CNBB
Foto: "Missa de encerramento do 16º CEN" / Robson Siqueira/ CN

O corpo Incorrupto de São Vicente de Paulo

Mães recebem homenagem da Creche São Vicente de Paulo

A Creche São Vicente de Paulo de Votorantim acolheu no dia 07 de Maio, as mães de seus alunos e promoveu um Chá em sua homenagem. A recepção das matronas ficou por conta da Banda do Caju, gentilmente cedida pela Secretaria da Cultura da Prefeitura Municipal de Votorantim. O evento contou ainda com uma singela homenagem dos alunos do Maternal II as suas mães e a entrega de uma lembrança a cada uma delas.

Quem tem medo de ser avaliado?

(*) Renato Lima



Uma das grandes virtudes da Sociedade de São Vicente de Paulo é que, ao participar dela, podemos ter diferentes opiniões entre seus membros, mas sempre convergimos para o atendimento ao pobre. Podemos divergir dentro de nossas Conferências, até porque temos origens e culturas diferentes, mas nunca divergimos quando o que está em jogo é a promoção das famílias.

Por conta dessa abertura ao diálogo inerente à SSVP, os confrades e as consócias devem sempre avaliar como andam os trabalhos das Conferências, os eventos realizados pelos Conselhos, as decisões tomadas pelos órgãos hierarquicamente superiores, etc. Questionar sim; opinar, sempre; descumprir as decisões, nunca.

Assim, uma importante ferramenta de melhoria dos processos dentro da SSVP é a avaliação constante das atividades. Vamos dar alguns exemplos. Quando um módulo da Escola de Capacitação (ECAFO) acontece, é fundamental que seja feito um formulário de avaliação entre os presentes, a fim de que saibamos como foi o desempenho dos palestrantes, se a alimentação estava boa, se o programa foi adequado.

Numa Conferência, os confrades e as consócias, assim como os aspirantes, devem avaliar o andamento dos trabalhos, se as famílias estão sendo promovidas, o que se pode fazer para melhorar a atuação vicentina, se as Obras Especiais (mantidas às vezes por várias Conferências) estão cumprindo com sua finalidade, se o assessor espiritual está comparecendo ás reuniões semanais, se o presidente tem sido flexível nas discussões internas, entre outros.

No nível dos Conselhos, é essencial que os eventos sejam avaliados, como as Festas Regulamentares, os retiros, as assembleias e os veículos de informação. No caso das Festas Regulamentares, ao término de cada uma, deveria ser regra que cada Conselho Central ou Particular enviasse, por carta, suas observações (pontos fortes e de aprimoramento) com vistas a melhor tais eventos no futuro. Sobre os meios de comunicação vicentinos, os conselhos editoriais e sites deveriam estar mais abertos às críticas, pois são essas críticas que justamente trarão mais qualidade nos aspectos gráficos e textuais.

Há, infelizmente, alguns dirigentes vicentinos que se incomodam e “não gostam de serem avaliados”. Na verdade, existe certo dilema na avaliação: os que avaliam, pensam que estão aprimorando os procedimentos futuros e acreditam que suas opiniões serão bem recebidas; os que são avaliados, acham que seus avaliadores são seus “opositores” e foram excessivamente rigorosos ou estão apenas querendo dizer, por outros caminhos, “se fosse eu, faria melhor”.

Percebo, em algumas instâncias da SSVP, uma aversão à avaliação. Que pena! Foi avaliando o trabalho da primeira Conferência que nossos fundadores decidiram pelo desmembramento. Foi recebendo orientações da Irmã Rosalie Rendu que nossos antepassados iniciaram as primeiras visitas. Foi com muita avaliação que a Regra nasceu, em 1835. Foi a partir da análise do crescimento da SSVP que foi criado o Conselho Geral Internacional. Ou seja, o nascimento e a expansão da Sociedade se deve, fundamentalmente, aos confrades inquietos que faziam constantes avaliações e queriam sempre o melhor.

Assim, se temos o salutar hábito de avaliar (com respeito, sem outro objetivo senão a melhoria dos procedimentos administrativos dentro da SSVP), nossa entidade estará sempre se renovando, aperfeiçoando-se e mirando ao futuro. Se nos omitimos e não apreciamos as coisas, estamos sendo cegos, amadores e, acima de tudo, fechando as portas para a ação salvífica do Espírito Santo de Deus.

Por isso, caros confrades e consócias, continuem avaliando nossa entidade, com educação, elegância e bom senso. E caros dirigentes, estejam abertos a receber tais avaliações, com desprendimento, humildade e simpatia.
(*) Renato Lima (Brasil), 39 anos, é Vice-presidente Territorial Internacional da SSVP para a região denominada “América Sul Equatorial”.

Recessão global condena 53 milhões à miséria

Causará a morte de um milhão de crianças, diz Banco Mundial
----------------------------------------------------------------------------
A crise econômica global levará à "extrema pobreza" 53 milhões de pessoas e causará, dentro dos próximos cinco anos, a morte de mais de um milhão de crianças, segundo um relatório elaborado em conjunto pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial.
O relatório, mencionado na edição de domingo do “Osservatore Romano”, avalia a realização das Metas do Milênio estabelecidas pela ONU em 2000.
Apesar disso, o número de pessoas consideradas pobres em – que vivem com menos de 1,25 dólares por dia – se reduzirá, até 2015, à metade dos números registrados em 1990.
A crise econômica de 2008-2009 e a alta nos preços dos alimentos que a precedeu terão consequências devastadoras para a população mundial.
Quase 1 bilhão de pessoas devem enfrentar graves dificuldades para ter acesso a alimento, e as mais vulneráveis, como crianças, mulheres grávidas e idosos, estarão sob risco de morte.
De acordo com a maioria dos especialistas, as oito Metas para o Milênio não poderão ser alcançadas nos prazos estabelecidos. Particularmente, a meta de reduzir a mortalidade infantil nos países em desenvolvimento para 34 por mil é bastante inverossímil. Segundo analistas, esta taxa será, em 2015, de cerca de 68 por mil.
Foi também apresentado em Washington o relatório do FMI sobre a situação econômica na África subsaariana. O crescimento econômico médio da região em 2010 deverá fica em torno dos 4,75%, e em 2011, em 5,75%, contra os 2% registrados em 2009.
“A relativamente contida recessão econômica da região deve-se à saúde geral das economias locais no ano anterior à crise, e às políticas macro-econômicas implementadas em vários países”, diz o relatório.
A situação da fome na região permanece, no entanto, em níveis alarmantes. Cerca de 10 milhões de pessoas estão sendo afetadas pela grave crise alimentar que se abateu sobre vários países da região norte-africana do Sahel. Em especial, segundo dados da ONU, 7,8 milhões de habitantes no Níger se encontram em “estado de insegurança alimentar”.
(Nieves San Martín)
Fonte: Zenit

44º Dia Mundial das Comunicações

Com o tema “O sacerdote e a pastoral no mundo digital: os novos meios ao serviço da Palavra”, o próprio papa Bento 16 na sua mensagem para o 44º Dia mundial das Comunicações, que se comemora no dia 16 de maio, conclama a todos para iniciar “uma nova era” para a evangelização, que terá a exigência da presença maior dos padres na internet.
Segundo o papa Bento 16, na contemporaneidade, os padres têm como missão a animação da “comunidade que se expressa agora por meio das tantas vozes presentes no mundo digital”, devem fornecer às pessoas que vivem neste “tempo digital”, particularmente aos jovens e também aos não-crentes, “os sinais necessários para reconhecer o Senhor”.

Lançada a 2ª edição do Livro Vicentino “Sementes de Esperança”

A primeira edição do Livro “Sementes de Esperança” da Família Vicentina esgotou-se rapidamente. Como muitas pessoas ainda gostariam de adquirir o citado Livro, foi feita a segunda edição com uma tiragem de 1000 exemplares. Portanto, a segunda edição de “Sementes de Esperança – Histórias de Mudanças de Estruturas” já está pronta. Esse livro está sendo muito importante para todos os Ramos da Família Vicentina, pois mostra que é preciso mudar as estruturas para melhor ajudar os pobres a saírem da pobreza. Os projetos apresentados neste Livro poderão despertar em nosso meio uma nova motivação para o trabalho com os Pobres e uma volta às fontes de nossa espiritualidade e carisma vicentino. O Livro de 301 páginas custa R$ 10,00 por unidade, mais despesas de Correio. Para maiores informações e pedidos: http://mizaelpoggioli.blogspot.com Informações: mizaelpoggioli@uol.com.br Nota enviada pelo padre Mizaél, CM, a quem agradecemos. Fonte: Edição nº 428 da Agência de Notícias REDE DE CARIDADE

Salamanca 2010: confira a programação

A cidade de Salamanca (Espanha) será palco de importantes eventos do Conselho Geral Internacional da SSVP. A Confederação Internacional estará realizando, na Casa dos Padres Vicentinos, sua Assembleia Geral Extraordinária a ser promovida entre os dias 28 de maio e 2 de junho, ocasião em que será escolhido o sucessor do cfd. José Ramón Díaz-Torremocha. O Evento contará com as presenças de importantes Sacerdotes, que também proferirão palestras: Padre Gregory Gay (Superior-geral da Congregação da Missão), Cardeal Paul J. Cordes (Presidente do Pontifício Conselho Cor Unum, do qual a SSVP faz parte) e Padre Robert Maloney (“Mudança Sistêmica e os Pobres”). Haverá ainda Santa Missa em Ávila e as seguintes conferências: “Justiça Social” (cfd. John Falzon), “Juventude Vicentina e Recrutamento” (cfd. Julien Spiewak), “Formação: uma necessidade” (cfd. Jean Cherville). O tema da Assembleia será “Da esperança ao Serviço”. Fonte: Edição nº 428 da Agência de Notícias REDE DE CARIDADE

Conselho Geral remete recursos para os desabrigados do Rio

Notícia exclusiva: o Conselho Geral Internacional, diante da gravidade das chuvas que atingiram o Estado do Rio de Janeiro no início do mês de abril, decidiu o envio imediato de US$ 5.000,00 (cinco mil dólares) para atender essa fase de emergência. Esse valor se soma às coletas que vêm sendo realizadas nas Conferências Vicentinas, por todo o país, e que ajudarão o Conselho Metropolitano do Rio de Janeiro na ajuda fraterna. Doações podem ser feitas em dinheiro, com depósito no Banco do Brasil, Agência 1250-5, C/C 3180-1. Assim que o depósito for efetuado, deve-se comunicar ao Conselho Metropolitano que o dinheiro é para ser destinado às vítimas das chuvas. O comunicado pode ser via telefone (21-3888-6273) ou e-mail contato@ssvpcmrj.org.br Fonte: Edição nº 428 da Agência de Notícias REDE DE CARIDADE

Deputado federal faz discurso sobre os 177 anos da SSVP

No dia 20 de abril de 2010, às 15h30, da tribuna do plenário da Câmara dos deputados, em Brasília (DF), o deputado federal Tadeu Filippelli (PMDB-DF) proferiu belo discurso sobre os 177 anos da Sociedade de São Vicente de Paulo. Acompanhe alguns trechos: “Venho hoje a esta tribuna para fazer um registro muito especial. No próximo dia 23 de abril, celebraremos, em todo o mundo, os 177 anos de criação da Sociedade de São Vicente de Paulo. Para comemorar a data, os Vicentinos de todo o Brasil participarão, nos dias 24 e 25 de abril, em Aparecida, São Paulo, da 40ª Romaria Nacional Vicentina. A SSVP foi fundada em 23 de abril de 1833, em Paris, França, pelo jovem estudante de Direito Antônio Frederico Ozanam, Beato, e 6 companheiros. A Sociedade de São Vicente de Paulo está presente em 145 países, totalizando cerca de 716 mil integrantes. No próximo dia 28 de maio, a Entidade escolherá, em âmbito internacional, seu novo Presidente, que sucederá o espanhol José Ramón Díaz-Torremocha. As eleições ocorrerão em Salamanca, Espanha”. Todo o discurso está disponível no site www.camara.gov.br clicando-se em “Deputados” sem seguida “Discursos e notas taquigráficas” (digite na lacuna “Nome” a palavra “Filippelli” e em “Texto Integral” a palavra “Vicentinos”). Fonte: Edição nº 428 da Agência de Notícias REDE DE CARIDADE

sábado, 15 de maio de 2010

Francisco de Sales, nosso Padroeiro

Bispo e Doutor da Igreja, Francisco nasceu no castelo de Sales na Sabóia, em 21 de agosto de 1567. Aos 14 anos foi mandado para a grande Universidade de Paris que, na época, com 54 faculdades, era um dos grandes centros de estudos. Ali destacou-se em retórica, filosofia e teologia. Jovem ainda fez voto perpétuo de castidade e colocou-se sob a proteção da Virgem Santíssima. Aos 18 anos foi tentado terrivelmente por uma sensação de desespero e condenação ao inferno, o que só venceu com fervorosa oração aos pés de Nossa Senhora.

Aos 24 anos doutorou-se em Direito, em Pádua, Itália. Foi ordenado padre a 18 de dezembro de 1593. Em 1602 tornou-se bispo de Genebra, aos 32 anos. Escreveu várias obras. No famoso "Tratado do Amor de Deus", escreveu: "A medida do amor é amar sem medida". Foi diretor espiritual de Santa Joana Francisca de Chantal, desde 1604 em Dijon, com quem fundou a Ordem da Visitação em 1610.

Sua obra mais famosa é a "Introdução à Vida Devota".

Faleceu aos 56 anos, em 28 de dezembro de 1622, em Lion. Sua beatificação foi em 1662, a primeira realizada na Basílica de São Pedro em Roma, onde foi canonizado três anos mais tarde. Sua festa litúrgica é celebrada no dia 24 de janeiro.

Declarado Doutor da Igreja em 1877, pelo Papa Pio XI, este também o proclamou padroeiro dos jornalistas. São Francisco de Sales foi contemporâneo e grande amigo de São Vicente de Paulo, que vivia em Paris e o escolheu como seu diretor espiritual.

Assim São Vicente se referia a São Francisco: "Este servo de Deus conformou"se tão bem com o modelo divino que muitas vezes me pergunto com admiração como uma criatura " dada a fragilidade da natureza humana " pôde alcançar tão elevado grau de perfeição ... Sou levado a ver nele o homem que, dentre todos, mais fielmente reproduziu o amor do Filho de Deus sobre a terra".

Gostava São Francisco de Sales dizer: "Se erro, prefiro que seja por excesso de bondade que por demasiado rigor". A extraordinária mansidão que possuía foi fruto de muitos esforços e trabalhos.

São Francisco de Sales foi inspirador de Dom Bosco, outro extraordinário santo da Igreja, quando da fundação da sua Congregação, que recebeu o nome de Salesianos.


(Cfr. Gesiel Júnior)


Oração

Ó Deus, que marcastes pela vossa doutrina a vida de São Francisco de Sales, concedei-nos, por sua intercessão, que sejamos fiéis à mesma doutrina, e a proclamemos em nossas ações. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

"A missão de Fátima não terminou", afirma Papa



Quem pensa que a missão profética de Fátima se concluiu, estaria enganado, afirmou ontem o Papa, durante a homilia da Missa Solene celebrada na esplanada do Santuário de Fátima, junto com mais de meio milhão de peregrinos, de Portugal e de outras nações europeias.
A missão da Igreja hoje, disse o Papa, é "mostrar o amor de Deus" a uma humanidade "disposta a sacrificar seus vínculos mais santos no altar de estreitos egoísmos da nação, etnia, ideologia, grupo, indivíduo".
"O homem pode desencadear um ciclo de morte e de terror, mas não consegue interrompê-lo... Na Sagrada Escritura aparece com frequência que Deus está em busca de justos para salvar a cidade dos homens, e o mesmo acontece aqui, em Fátima", acrescentou.
A solene Eucaristia de hoje, com sol radiante, foi celebrada na esplanada do Santuário, presidida pelo Papa e concelebrada por 4 cardeais, 77 bispos e 1442 sacerdotes. A cerimônia começou com a procissão da imagem de Nossa Senhora de Fátima.
"Eu também vim como peregrino a Fátima, a esta ‘casa' que Maria escolheu para nos falar nos tempos modernos. Vim a Fátima para rejubilar com a presença de Maria e sua materna proteção. Vim a Fátima, porque hoje converge para aqui a Igreja peregrina, querida pelo seu Filho como instrumento de evangelização e sacramento de salvação."
O Papa insistiu em seu pedido pela "humanidade afligida por misérias e sofrimentos": "Estreito ao coração todos os seus filhos e filhas, especialmente quantos vivem atribulados ou abandonados, no desejo de comunicar-lhes aquela esperança grande que arde no meu coração e que, em Fátima, se faz encontrar mais sensivelmente."
"Sim! O Senhor, a nossa grande esperança, está conosco; no seu amor misericordioso, oferece um futuro ao seu povo: um futuro de comunhão consigo", exclamou Bento XVI.
O Pontífice quis antecipar a próxima celebração do centenário das aparições de Nossa Senhora aos Pastorinhos, prevendo que os sete anos que faltam para essa comemoração "possam acelerar o pré-anunciado triunfo do Coração Imaculado de Maria a glória da Santíssima Trindade".
"Mais sete anos e voltareis aqui para celebrar o centenário da primeira visita feita pela Senhora ‘vinda do Céu', como Mestra que introduz os pequenos videntes no conhecimento íntimo do Amor Trinitário e os leva a saborear o próprio Deus como o mais belo da existência humana".
"Deus pode nos alcançar, oferecendo-se à nossa visão interior", pois Cristo tem "o poder de preencher os corações mais frios e tristes", já que "a fé em Deus abre ao homem o horizonte de uma esperança certa que não desilude; indica um sólido fundamento sobre o qual apoiar, sem medo, a própria vida; pede o abandono, cheio de confiança, nas mãos do Amor que sustenta o mundo".
Neste sentido, propôs como exemplo os Pastorinhos, "que fizeram de sua vida uma oferenda a Deus e uma partilha com os demais, por amor a Deus".
"Nossa Senhora ajudou-os a abrir o coração à universalidade do amor - acrescentou. Só com este amor de fraternidade e partilha construiremos a civilização do Amor e da Paz".
Fonte: Zenit

Pela internet, membros da família vicentina vão ajudar povo haitiano

Começou a vigorar no mês passado o projeto ‘Conexão Internet para o Desenvolvimento Econômico no Haiti’, uma iniciativa da Família Vicentina. Por meio do computador, os voluntários vão poder ajudar os mais necessitados.

A iniciativa visa proporcionar financiamento para micros, pequenas e médias empresas no Haiti. Só no primeiro dia, ela conseguiu arrecadar U$23,500 em empréstimos e doações, que já arcaram com 690 bolsas de estudo, duas prensas de madeira para carvão e um cavalo (o que proporcionou a criação de seis novos postos de trabalho), um congelador, um forno propano novo e foram plantadas 176 árvores frutíferas e 180 pés de café.

Este projeto conjunto permitirá que pessoas de todo o mundo apóiem o desenvolvimento econômico sustentável no Haiti.
Para mais informações, consulte o site: www.pbcm.com.br
Fonte: da redação do SSVPBRASIL

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Papa reza com meio milhão de peregrinos em Fátima, Portugal

Bento XVI presidiu à Santa Missa na esplanada do Santuário mariano. Neste ano, celebram-se 10 anos da beatificação de Jacinta e Francisco, 5 anos da morte de Irmã Lucia e o centenário de nascimento de Jacinta.
“Vim a Fátima para rezar, com Maria e tantos peregrinos, pela nossa humanidade acabrunhada por misérias e sofrimentos. Enfim, com os mesmos sentimentos dos Beatos Francisco e Jacinta e da Serva de Deus Lúcia, vim a Fátima para confiar a Nossa Senhora a confissão íntima de que «amo», de que a Igreja, de que os sacerdotes «amam» Jesus e n’Ele desejam manter fixos os olhos ao terminar este Ano Sacerdotal, e para confiar à proteção materna de Maria os sacerdotes, os consagrados e consagradas, os missionários e todos os obreiros do bem que tornam acolhedora e benfazeja a Casa de Deus”.
O Papa enfatizou que dentro de sete anos, recordaremos o centenário da primeira aparição de Nossa Senhora aos pastorzinhos Fátima.
“Com a família humana pronta a sacrificar os seus laços mais sagrados no altar de mesquinhos egoísmos de nação, raça, ideologia, grupo, indivíduo, veio do Céu a nossa bendita Mãe oferecendo-Se para transplantar no coração de quantos se Lhe entregam o Amor de Deus que arde no seu”.
Bento XVI terminou a homilia com o auspício de que os sete anos que nos separam do centenário das Aparições apressem o anunciado triunfo do Coração Imaculado de Maria para glória da Santíssima Trindade.
De acordo com as autoridades locais, meio milhão de pessoas presenciaram a missa, que bateu todos os recordes de participação. Em 2000, durante a última visita de João Paulo II, quando beatificou os videntes Jacinta e Francisco Marto, havia 400 mil fiéis.
Ainda nesta quinta-feira, o Pontífice se reunirá com religiosos portugueses e manterá um encontro com todos os bispos de Portugal. Amanhã irá à cidade do Porto, onde presidirá a Eucaristia antes de partir para Roma.
Informações: Rádio Vaticano

SSVP doa terreno para prefeitura construir hospital

O prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, inaugurou na semana passada a maquete do futuro Hospital de Clínicas da cidade, que será construído na Estrada dos Alvarenga. A previsão é de que a unidade fique pronta em 2012 e tenha capacidade mensal para atender de 5.000 a 7.000 pessoas e fazer de 800 a 1.000 internações. O edifício de 11 andares será erguido em um terreno de 18 mil metros quadrados doado pela Sociedade de São Vicente de Paulo, que atualmente mantém no local um asilo para 80 idosos. "Os idosos não vão precisar sair do asilo durante as obras", conta o prefeito Marinho. Como contrapartida pela doação do terreno da SSVP onde será construído o Hospital de Clínicas, a Prefeitura de São Bernardo vai reformar o asilo mantido pela Sociedade de São Vicente de Paulo, onde vivem 80 idosos. Serão criadas pelo menos 20 outras vagas no abrigo reformado. Fonte: Diário do Grande ABC

Quatro são os candidatos ao Conselho Geral

No próximo dia 28 de maio, os Presidentes dos Conselhos Nacionais de cada país, reunidos em Salamanca (Espanha), foto, para a Assembleia Geral Extraordinária do Conselho Geral Internacional, irão escolher o sucessor do cfd. José Ramón Díaz-Torremocha para um mandato de seis anos. Qualquer Vicentino que venha ser o eleito receberá o Conselho em excelente situação, não só nos aspectos econômicos, quanto patrimoniais e institucionais. Os quatro candidatos são: Michael Thio (Singapura), Karim Albert Cheikho (Egito), Nelson de Souza (Brasil) e Cristóvão Gonçalves (Brasil). O cfd. Wenceslas de Renesse (Bélgica), que era candidato, renunciou à candidatura na semana passada por motivos de saúde. Cada país tem direito a um voto na eleição. Que o próximo Presidente Geral seja também muito abençoado e que a SSVP não pare de avançar. Fonte: Edição nº 427 da Agência de Notícias REDE DE CARIDADE

quarta-feira, 12 de maio de 2010

48ª AG: CNBB lança Manual de Procedimentos Administrativos para a Igreja no Brasil

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) publicou nessa segunda-feira, 10, no plenário da sua 48ª AG, que acontece na Confederação Nacional dos Trabalhadores do Comércio (CNTC), em Brasília, o Manual de Procedimentos Administrativos. O livro tem por objetivo disponibilizar às dioceses do Brasil um instrumento de trabalho facilitador no complexo processo da administração dos bens e serviços da Igreja nas comunidades. O Manual é direcionado, principalmente, às mitras diocesanas, suas paróquias, comunidades e outras instituições.
De acordo com o integrante do grupo que escreveu a obra e responsável pelo início dos trabalhos, padre Aleixo W. Souza, o material é uma proposta da Conferência para atender os gestores da Igreja no Brasil nas mais diversas situações eclesiais.
“A proposta é que todas as paróquias do Brasil contem com esse Manual. Não existe pretensão de impor, criar diretrizes, mas sim o interesse de disponibilizar um instrumento de trabalho. É uma proposta da CNBB para responder a tantas perguntas concretas do mundo da gestão eclesial”, explicou o sacerdote.
Padre Aleixo argumenta ainda que o material é de suma importância para a Igreja hoje. Ele disse que a necessidade de um subsídio para a gestão vai diminuir algumas falhas que são cometidas nas dioceses, paróquias e comunidades. “Bispos, padres, gestores de comunidades, e outros, trazem questões, perguntas e muitas dificuldades. Às vezes pela falta de conhecimento ou pela precipitação de algum administrador que não conhece bem a legislação de cada área da gestão, acaba-se cometendo imprudências danosas, desastrosas e irrecuperáveis. E o Manual vem para sacar essas dificuldades”.
Fonte: CNBB